quarta-feira, 7 de julho de 2010

COMO MUDAR O ENSINO NA SALA DE AULA?

Na aula de hoje, (depois de discutir-mos a sala de aula, indisciplina, violência, assuntos relacionados às postagens do NOSSO blog). Augusto levantou uma pergunta, que me fez pensar e perceber a minha total incapacidade, impotência e medo em lidar com o ensino. (a pergunta levantada foi, COMO MUDAR O ENSINO NA SALA DE AULA, E FAZER COM QUE O ALUNO SE INTERESSE PELO ASSUNTO APRESENTADO?), e como disse Tiago, uns dos colegas que estava presente, essa é a pergunta que não quer calar! vejo que não há como pensar a escola independente da sociedade na qual ela se insere. O que acontece no ambiente escolar é mais que uma analogia a situações sociais mais amplas; é um reflexo da sociedade no seu todo. Evidencia-se, nas leituras acerca do assunto que são postados aqui, o quanto os problemas e situações atuais da contemporaneidade relacionam-se diretamente aos encontrados nas escolas, e através dos rostos atônitos dos colegas em classe percebi que essa é uma pergunta que como futuros professores, temos que responder com ações, onde relatos de professores, coordenadores e psicólogos escolares, que trabalham especificamente com aprendizagem pode nos ajudar nessa mudança. A partir de estudos contemporâneos e conversas com profissionais da área, é possível pensar e discutir alguma coisa sobre o que se passa nas escolas nos dias de hoje e mudar pra melhor. Os tempos mudaram, mas a estrutura de ensino ainda não. MAS E AGORA O QUE FAZER? (mas Augusto! Isso é pergunta que se faça?).

2 comentários:

michel disse...

Depois das privatizações quem tem dinheiro tem educação, saúde, lazer e etc... e quem nao tem fica a mercê dos que tem, que dão "esmolas" para a maior parte da sociedade. Não deveria haver escolas, hospitais, clinicas e nada privado, apenas publicas, assim ricos e pobres teriam que frequentar os mesmos lugares, logo, todos seriam de boa qualidade!

Anaíse Paim disse...

Querido, compartilho com você essa mesma angústia! Viver tentando mostrar aos nossos alunos o quão importante é a educação! Mas, de repente, me deparo com alunos que simplesmente me dizem: eu ganho mais do que a senhora e tenho carro! A senhora não tem! Pra que vou estudar!? Já imaginou? Buscar exemplos de pessoas da comunidade que conseguiram superar diversas dificuldades e hoje estão formadas, saber também qual o assunto que mais lhes interessam, tentar buscá-los para a realidade do mercado de trabalho, tentar usar essas novas tecnologias, talvez sejam estratégias para tentar mudar ou melhorar o ensino na sala de aula, não acha? rs
Longo caminho, não?
Abraços!
Parabéns pelo blog!